Concurso de acesso para Estudantes Internacionais

Destinatários:     

Considera-se Estudante Internacional, aquele que não tem a nacionalidade portuguesa, e que se excetua das seguintes situações:

            a.          Estudante nacional de um estado membro da união europeia;

            b.          Estudante que não sendo nacional de um estado membro da união europeia, reside em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 31 de agosto do ano em que pretendam ingressar no ensino superior, bem como os filhos que com eles residam legalmente;

            c.          Estudante que requeira o ingresso no ensino superior através dos regimes especiais de acesso e ingresso regulados pelo Decreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro;

           d.          Estudante que se encontre a frequentar uma instituição de ensino superior (ies) portuguesa, no âmbito de um programa de mobilidade internacional para a realização de parte de um ciclo de estudos de uma ies estrangeira com quem a ies portuguesa tenham estabelecido acordo de intercâmbio com esse objetivo.

 

Condições de Ingresso:

São admitidos ao concurso especial os estudantes internacionais que, cumulativamente:

                                a.            Tenham qualificação académica situada ao nível do ensino secundário, obtida em Portugal, ou em outro país.

                                b.            Tenham um nível de conhecimento corrente da língua portuguesa.

                               c.           Tenham realizado uma prova de ingresso específica, dentro do elenco daquelas que são exigidas para acesso ao ciclo de estudos, no âmbito do regime geral de acesso, ou uma prova homóloga, e nela obtenham uma classificação superior a 95 pontos na escala (0 a 200), ou correspondente.

Verificação do nível de conhecimento da língua portuguesa:

O ISPGaya organiza uma sessão de entrevista, onde o candidato, para além da demonstração oral dos seus conhecimentos, poderá apresentar suporte documental referente a formações em língua portuguesa que detenha.

 

Elenco das provas de ingresso específicas a realizar:

CURSO

PROVA (APENAS UMA)

Turismo

Geografia; História; Português

Engª. Eletrónica e de Automação

Física e Química (F); Matemática;

Engª. Informática

Matemática           

Eng.ª Mecânica

Física e Química (F); Matemática

Eng.ª de Energias Renováveis

Física e Química (F); Matemática

Contabilidade

Economia; Matemática; Português

Informática de Gestão

Matemática

Gestão

Economia; Matemática; Português

 

Critérios de Seriação para os Estudantes Internacionais:

A nota de candidatura resulta da aplicação da seguinte fórmula: NC = 0.35% CES + 0.65% PIE, em que:

CES – Classificação do curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;

PIE – Classificação da prova de ingresso específica

 

PREÇOS:                  Candidatura:                     150€

                               Matrícula (semestral):       120€ (Com adesão ao pagamento de propinas por débito direto)

                               Matrícula (semestral):       170€ (Sem adesão ao pagamento de propinas por débito direto)

                               Propina mensal:                255€